top of page
  • Foto do escritorNetconn Netconn

Entenda o que é um ‘hacker’ e a diferença para ‘cracker’

O termo “hacker” engendra confusões em sua definição, apesar de sua longa popularidade. Geralmente, um “hacker” é alguém que busca vulnerabilidades de segurança em sistemas, auxiliando a corrigi-las, enquanto um “cracker” representa o lado malicioso, perpetrando atividades como invasões e roubo de informações. Essas nomenclaturas são divididas em subcategorias denominadas “chapéus”, incluindo white hat (ético), grey hat (cinza) e black hat (malicioso), para melhor distinguir suas abordagens.

O “hacker”, conhecido como “hacker ético”, procura explorar sistemas de maneira construtiva e é empregado por empresas em desafios de segurança. A diferenciação entre “hacker do bem” e “hacker do mal” é questionada, pois ambos são considerados negativos na esfera de segurança cibernética. O “cracker” é aquele que utiliza suas habilidades para fins prejudiciais, como extorsão e vazamento de dados sensíveis.

A fim de esclarecer essas categorias, surgiram os termos white hat (ético), grey hat (cinza) e black hat (malicioso). O white hat reflete o “hacker ético” focado em proteção de sistemas, o grey hat envolve indivíduos que descobrem falhas e as reportam, e o black hat está associado a ações criminosas e exploração prejudicial de sistemas. Essas definições podem ser flexíveis, permitindo que uma pessoa transite entre elas com base em suas ações e intenções.

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Fale Conosco

Outros Contatos:

+55 11 99435-8164

+55 (11) 3023-1500

R. Cunha Gago, 700 Pinheiros,
São Paulo - SP

RH & Curriculum

Suporte

bottom of page