top of page
  • Foto do escritorNetconn Netconn

Guia: 10 Perguntas Para Reduzir O Risco De Terceiros

Um questionário para o fornecedor de segurança cibernética é vital para avaliar a competência e a confiabilidade de potenciais parceiros, serve como uma ferramenta abrangente para avaliar diversos aspectos cruciais de proteção de dados e infraestruturas sensíveis.

Através de consultas detalhadas sobre protocolos de segurança, medidas de compliance, planos de resposta a incidentes e incidentes de violação anteriores, o questionário ajuda a avaliar o compromisso do fornecedor em questão a práticas robustas de cibersegurança.

E para facilitar a criação desse questionário, te oferecemos as 10 principais perguntas sobre segurança cibernética a serem feitas aos seus terceiros e fornecedores:

  1. Como você protege os dados que coleta, processa e armazena, tanto em repouso quanto em trânsito?

Os dados coletados, processados ​​e armazenados pelas organizações contêm um baú de informações valiosas, incluindo detalhes de clientes, registros financeiros e propriedade intelectual. A falha em proteger adequadamente esses dados pode levar a consequências devastadoras, como perdas financeiras, danos à reputação e responsabilidades legais.

Proteger os dados tanto em repouso quanto em trânsito é essencial para mitigar os riscos. As tecnologias de criptografia garantem que os dados permaneçam ilegíveis para pessoas não autorizadas, estando ociosos em servidores ou sendo transmitidos através de redes.

Controles de acesso e mecanismos de autenticação reforçam ainda mais a segurança, restringindo a entrada para apenas pessoas autorizadas.

  1. Que medidas de controle de acesso você adota para garantir que apenas indivíduos autorizados tenham acesso a informações confidenciais?

As medidas de controle de acesso autenticam as identidades dos usuários por meio de diversos mecanismos como senhas, biometria ou autenticação multifatorial, evitando a entrada não autorizada em sistemas ou redes. Além disso, estas medidas impõem princípios de privilégio mínimo, concedendo aos usuários apenas o nível mínimo de acesso necessário para desempenhar as suas funções, limitando a exposição a potenciais vulnerabilidades de segurança.

Além disso, o controle de acesso facilita as atividades de auditoria e monitoramento, permitindo que as organizações rastreiem e analisem as interações dos usuários com dados confidenciais, identificando qualquer comportamento suspeito ou tentativas de acesso não autorizado.

  1. Você pode descrever seu plano de resposta a incidentes?

Um plano de resposta a incidentes de segurança cibernética fornece uma estrutura alinhada para detectar, conter, erradicar e se recuperar quando houver um ataque cibernético, minimizando seu impacto nas operações e na integridade dos dados.

Com funções, responsabilidades e procedimentos de escalonamento predefinidos, o plano garante uma resposta coordenada, reduzindo a confusão e o tempo de inatividade durante as crises. Testes e atualizações regulares melhoram a preparação e a adaptabilidade às ameaças em evolução.

A conformidade com os requisitos regulamentares exige uma estratégia robusta de resposta a incidentes. Ao identificar e mitigar rapidamente as violações, as organizações protegem informações confidenciais, mantêm a confiança dos clientes, mitigam danos financeiros e danos à reputação.

  1. Como você avalia e gerencia a segurança dos fornecedores terceirizados?

Avaliar e gerenciar a segurança cibernética de fornecedores terceirizados é fundamental para proteger os dados e a reputação de uma empresa. Os serviços terceirizados geralmente exigem acesso a informações confidenciais, o que os torna potenciais pontos fracos para ataques cibernéticos. As avaliações minuciosas das medidas de segurança dos fornecedores ajudam a identificar vulnerabilidades e garantir o alinhamento com os padrões organizacionais e requisitos regulamentares.

A implementação de protocolos robustos de gestão de fornecedores, incluindo auditorias regulares e obrigações contratuais para conformidade de segurança, mitiga riscos associados a relacionamentos com terceiros. O monitoramento proativo e a resposta rápida a quaisquer incidentes de segurança envolvendo fornecedores mantêm a integridade dos dados e a confiança do cliente.

  1. Você oferece treinamento de segurança regularmente para seus funcionários, bem como verificações de antecedentes em novos contratados?

O treinamento de segurança regularmente para funcionários e verificações de antecedentes em novos contratados são proteções essenciais para evitar ameaças internas na segurança cibernética. Os treinamentos aumentam a consciência dos vetores de ataques comuns e para as melhores práticas de proteção de dados, capacitando os funcionários para reconhecer e responder aos potenciais riscos de forma eficaz.

As verificações de antecedentes garantem que os novos contratados tenham um histórico de confiança e reduzem a probabilidade de intenções maliciosas.

Juntas, estas medidas fortalecem a firewall humana, aumentando as defesas contra ameaças cibernéticas, tanto dentro quanto fora da organização.

  1. Como você garante que seus sistemas estão atualizados com os pacotes de segurança mais recentes?

A instalação do pacote aborda falhas de segurança conhecidas e fortalece a resiliência geral dos sistemas contra ameaças em evolução. A falha em manter os sistemas atualizados aumenta a possibilidade de invasão e exploração, podendo levar a violações de dados, perdas financeiras e danos à reputação.

O gerenciamento regular de pacotes não apenas reforça a postura de segurança dos fornecedores, mas também demonstra seu compromisso com a mitigação proativa de riscos, promovendo a confiança entre clientes e partes interessadas em sua capacidade de proteger informações confidenciais.

  1. Quais medidas de segurança física estão em vigor em seus escritórios e/ou data centers?

As medidas de segurança física em escritórios e centros de dados são indispensáveis ​​para proteger ativos sensíveis e impedir o acesso não autorizado. Protocolos de segurança robustos, como controles de acesso, sistemas de vigilância e barreiras perimetrais, detêm intrusos e reduzem o risco de violações físicas.

A proteção de pontos de entrada, salas de servidores e locais de armazenamento limita o potencial de roubo, vandalismo e sabotagem. Além disso, medidas como autenticação biométrica e patrulhas de segurança reforçam a proteção contra ameaças internas e pessoas não autorizadas.

Ao complementar as proteções digitais, as medidas de segurança física criam estratégias de defesa em camadas, aumentando a resiliência contra ameaças à infraestrutura, à integridade dos dados e à continuidade dos negócios.

  1. Você sofreu alguma violação de dados ou incidente de segurança nos últimos 12 meses?

A divulgação de violações de dados aos fornecedores é crucial para a transparência, a colaboração e a mitigação eficaz de riscos. Os fornecedores muitas vezes lidam com informações confidenciais ou fornecem serviços essenciais, tornando-os alvos potenciais ou contribuintes para violações.

A divulgação imediata permite-lhes avaliar vulnerabilidades nos seus próprios sistemas, tomando medidas corretivas e fortalecendo as defesas contra diversos ataques semelhantes. Promove a confiança e a parceria, facilitando respostas coordenadas para mitigar o impacto da violação nos dados e operações partilhadas.

Além disso, os requisitos de conformidade muitas vezes exigem notificação da violação em tempo oportuno aos fornecedores. E por fim, a comunicação aberta sobre violações fortalece as relações com os fornecedores, reforça a preparação para a segurança cibernética e ajuda a manter a integridade dos dados e a confiança do cliente.

  1. Você realiza testes de segurança regulares, como testes de penetração e avaliações de vulnerabilidade, para identificar e remediar possíveis pontos fracos de segurança?

Testes regulares de penetração e testes de segurança são componentes indispensáveis ​​de uma estratégia proativa de segurança cibernética. Estas avaliações simulam cenários de ataque reais para identificar vulnerabilidades em sistemas, redes e aplicações.

Ao descobrir pontos fracos antes que agentes mal-intencionados os explorem, as organizações podem fortalecer as defesas, mitigar o risco de violações e corrupção de dados.

Os testes de segurança também avaliam a eficácia dos controles de segurança e procedimentos de resposta a incidentes, permitindo a melhoria contínua. Através de avaliações contínuas, as organizações ficam à frente das ameaças em evolução, reforçam a resiliência e mantêm a conformidade com os requisitos regulamentares.

Por fim, os testes de penetração e de segurança são investimentos essenciais para proteger ativos sensíveis e preservar a confiança entre os stakeholders.

  1. Você está em conformidade com os regulamentos e padrões relevantes (por exemplo, GDPR, HIPAA, SOC 2)?

Manter a conformidade com regulamentações e padrões relevantes, como GDPR, HIPAA e SOC 2, é fundamental para proteger dados confidenciais, manter a confiança e evitar repercussões legais. Essas estruturas estabelecem diretrizes para privacidade, segurança e responsabilidade de dados, adaptadas a setores e regiões específicas. A conformidade garante que as organizações sigam as melhores práticas, implementem medidas de segurança robustas e priorizem a proteção de informações pessoais e confidenciais.

A adesão às regulamentações aumenta a transparência, nutre a confiança do cliente e mitiga o risco de penalidades ou multas por não conformidade. Em resumo, a conformidade com os requisitos regulamentares demonstra um compromisso com práticas comerciais éticas e reforça a integridade das operações organizacionais.

Conclusão

Ao examinar os fornecedores antes do envolvimento, as empresas reduzem os riscos de violações de dados, perdas financeiras e danos à reputação. Em suma, estas questões promovem a tomada de decisões informadas, promovendo parcerias que fortaleçam eficazmente as defesas da cibersegurança.

48 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Fale Conosco

Outros Contatos:

+55 11 99435-8164

+55 (11) 3023-1500

R. Cunha Gago, 700 Pinheiros,
São Paulo - SP

RH & Curriculum

Suporte

bottom of page