top of page

SOC as a Service

Abordagem mais especializada e eficiente

O SOC externo introduz uma visão especializada nas iniciativas de cibersegurança. Oferecendo um serviço 24x7 com equipe ampla de especialistas e acesso a tecnologias exponenciais.

Por que optar pelo SOC as a Service?

O serviço SOC as a Service permite terceirizar a gestão do Centro de Operações de Segurança (SOC) para um provedor especializado. A equipe monitora incidentes e ameaças, analisando atividades maliciosas em sua rede e sistemas. Automatiza processos de segurança, integra ferramentas e gerencia logs para identificar padrões e investigar incidentes. Além disso, resolve incidentes de forma rápida e eficaz para minimizar impactos. Fornece relatórios periódicos sobre o desempenho do SOC, auxiliando na tomada de decisões estratégicas.

Benefícios Incomparáveis do
SOC as a Service?

Redução de Custos: Elimine a necessidade de investir em infraestrutura, software e equipe de segurança dedicada

Maior Eficiência: Automatize tarefas repetitivas e otimize processos para aumentar a produtividade da sua equipe de TI.

Melhora na Segurança: Acesse as ferramentas e expertise mais avançadas do mercado para proteger sua empresa contra as ameaças cibernéticas mais recentes.

Escalabilidade: Aumente ou diminua a capacidade do seu SOC de acordo com suas necessidades, sem precisar investir em recursos adicionais.

Tranquilidade: Tenha a certeza de que sua empresa está protegida 24 horas por dia, 7 dias por semana, por uma equipe de especialistas experientes.

Como funciona o SOC as a Service?

Soluções e Expertise

SIEM / XDR

Coleta e Correlação de eventos de segurança, ganhe visibilidade completa perante seus ativos e torne mais ágil a detecção e resposta a eventos críticos dentro da sua infraestrutura.

Recursos:
- Análise de comportamento de usuário (User Behavior)
- Análise de comportamento de ataques conhecidos
- Endpoint, detecção e visibilidade
- Análise de tráfego de rede
- Gerenciador de centralização de logs
- Técnicas de Deception (Honeypot)
- FIM (File Integrity Monitoring)
- Automação(Playbooks)

Threat Inteligence

Ganhe visibilidade sobre ameaças externas: A inteligência de mineração de dados na web (nas camadas Clear, Deep e Dark) mantém o SOC em alerta para ameaças externas como phishing, vazamentos de dados e uso indevido da marca.

Recursos:

- Visibilidade da ameaça em tempo real
- Correção acelerada
- Eficiência SecOps aprimorada
- Conscientização da segurança da marca
- Defesa Proativa Cibernética
- Risco cibernético reduzido

SOAR

Automação de Processos de Cibersegurança: Eleve a produtividade das suas equipes de TI e segurança, desenvolva fluxos de trabalho inteligentes e acelere a resposta a incidentes. A automação pode incluir a análise de mensagens (e-mails, Teams, etc.), além da varredura de links e arquivos.

Recursos:

- Obtenha um ROI tangível.
- Utilize sistemas existentes de forma eficaz.
- Crie menos scripts, automatize mais processos.
- Mais de 300 plug-ins disponíveis para conectar.
- Biblioteca de fluxos de trabalho personalizáveis.

Fale Conosco

PERGUNTAS FREQUENTES

O que é SOC?

SOC significa Centro de Operações de Segurança (Security Operations Center). É basicamente uma equipe de profissionais de segurança de TI, que pode ser interna ou terceirizada, responsável por monitorar a infraestrutura de tecnologia da informação (TI) de uma organização 24 horas por dia, 7 dias por semana.


O principal objetivo de um SOC é detectar eventos de segurança cibernética em tempo real e resolvê-los da maneira mais rápida e eficiente possível. Eles trabalham para proteger a organização contra ameaças cibernéticas, como malware, ataques de phishing e invasões.

O que é SIEM?

SIEM significa Security Information and Event Management (Gerenciamento de Informação e Eventos de Segurança). É uma ferramenta crucial dentro de um SOC. Podemos fazer uma analogia: se o SOC é o cérebro da segurança da sua rede, o SIEM seria o seu sistema nervoso central.

Aqui estão os papéis principais de um SIEM em um SOC:

  • Coleta de dados: O SIEM reúne dados de segurança de diversas fontes na sua rede, como firewalls, servidores, endpoints (dispositivos como computadores e celulares), e sistemas de detecção de intrusão.

  • Análise de dados: O SIEM analisa esses dados em busca de atividades suspeitas que possam indicar uma potencial ameaça cibernética. Ele usa correlações e comparações para identificar padrões incomuns.

  • Alertas: Quando o SIEM detecta algo suspeito, ele gera um alerta para os analistas de segurança do SOC. Isso permite que a equipe investigue o incidente rapidamente e tome as medidas necessárias.

  • Relatórios: O SIEM também pode gerar relatórios de segurança que ajudam a monitorar a postura geral de segurança da organização e identificar tendências de ameaças ao longo do tempo.

Resumidamente, o SIEM é uma ferramenta vital para um SOC pois permite a centralização, análise e correlação de dados de segurança, auxiliando na detecção de ameaças e facilitando o trabalho dos analistas de segurança.

O que é SOAR?

SOAR (Orquestração, Automação e Resposta de Segurança) é um conjunto de ferramentas e tecnologias focadas em cibersegurança, com ênfase na remediação e resposta a alertas de segurança. Diferentemente do SIEM, o SOAR atua na automação de tarefas, enquanto o SIEM se concentra na coleta e análise de logs. O SOAR utiliza o SIEM como fonte de dados para suas ações, otimizando o processo de resposta a incidentes.

O que é o Managed Security Service Provider(MSSP)?

Os Provedores de Serviços Gerenciados de Segurança (MSSPs), são responsáveis por monitorar uma parte ou a totalidade das operações de segurança. Seu foco primário está na supervisão de ativos, detecção de anomalias, condução de auditorias e relato desses eventos aos responsáveis pela implementação de remediações. No entanto, é importante observar que no decorrer deste processo, o MSSP não realiza avaliação de falsos positivos.

O que é Managed Detection and Response (MDR)?

O MDR, ou Gerenciamento de Detecção e Resposta, é um modelo de serviço para SOC que oferece uma abordagem inteligente na mitigação e contra-ataque de invasões. Entre as responsabilidades de um MDR estão a detecção de ameaças, monitoramento de segurança, análise e resposta a eventos de segurança. O MDR é uma alternativa mais robusta a um serviço de MSSP, pois assume também a responsabilidade pela resolução desses eventos de segurança. Consequentemente, vai além do monitoramento, assumindo tarefas de detecção, filtragem, resposta e contenção, permitindo que a equipe interna se envolva apenas quando necessário.

O que é Threat Detection and Response (TDR)?

A detecção e resposta a ameaças (TDR) refere-se a ferramentas de segurança cibernética que identificam ameaças analisando o comportamento do usuário. Essas ferramentas são valiosas para prevenir ameaças altamente evasivas, bem como conter violações e melhorar a segurança dos endpoints.

O que é Endpoint Detection and Response(EDR)?

A detecção e resposta de endpoints referem-se a uma categoria de ferramentas usadas para detectar e investigar ameaças em endpoints. As ferramentas de EDR normalmente fornecem recursos de detecção, investigação, caça a ameaças e resposta para localizar e responder a ameaças cibernéticas, como ransomware e malware.

O que é Content Disarm and Reconstruction (CDR)?

Desarme e reconstrução de conteúdo(CDR), também conhecido como Extração de Ameaças, protege proativamente contra ameaças conhecidas e desconhecidas contidas em documentos, removendo conteúdo executável. A solução é única porque não depende de detecção como a maioria das soluções de segurança.

O que é Extended detection and response (XDR)?

XDR (detecção e resposta estendidas) coleta e correlaciona automaticamente dados em várias camadas de segurança – e-mail, endpoint, servidor, carga de trabalho em nuvem e rede. Isto permite uma detecção mais rápida de ameaças e melhores tempos de investigação e resposta através da análise de segurança. XDR.

bottom of page